FANDOM


Experimentação animal é o uso de animais para fins de pesquisa experimental, seja em pesquisa básica ou aplicada.

É um assunto controverso pois em muitos tipos de pesquisa não há alternativas práticas ao uso de animais, como na pesquisa de fármacos, e o não uso de animais colocaria em risco muitas vidas humanas, que seriam utilizadas no lugar dos animais.

Espécies comuns Editar

Os animais mais utilizados em experimentos são camundongos e ratos, anfíbios, peixes e aves, embora diversas outras espécies de mamíferos sejam também utilizadas, e também de invertebrados. Além de camundongos e ratos, mamíferos Pas vezes utilizados incluem porcos-da-Índia, coelhos, hamsters, cães, gatos, animais de fazenda e primatas [1]

Usos de animais em pesquisaEditar

Animais são utilizados em pesquisas nas seguintes áreas:

  • Pesquisa básica
    • Biologia
      • Biologia do desenvolvimento
      • Evolução
      • Genética
    • Psicobiologia, neurociência e comportamento
  • Pesquisa aplicada
    • Genética
    • Patologia
    • Farmacologia
    • Vacinas
    • Toxicologia
    • Cosméticos

Além de pesquisa animais também são utilizados em testes militares e ensino (especialmente em áreas biológicas e médicas).

Utilidade do uso de animais em pesquisa Editar

Animais são frequentemente usados como modelos biológicos de sistemas fisiológicos ou doenças humanas, para fins de compreensão de como funcionam e testes de possíveis tratamentos e drogas. A utilidade preditiva da experimentação animal dependerá de quão semelhante é o comportamento do modelo animal em relação ao humano, a fim de maximizar a utilidade preditiva, minimizar custos e maximizar a eficiência da pesquisa, diferentes tipos de animais são utilizados dependendo do sistema e da questão de interesse.

Validade de modelos animais Editar

[1]

Comitês de ética de pesquisaEditar

Leis de proteção aos animais em pesquisa Editar

Testes cosméticos Editar

A União europeia proibiu a importação e a venda de cosméticos testados em animais a partir de março de 2013 [2].

Melhoramento animal com finalidade de menor sofrimento Editar

Uma possibilidade de diminuir o estresse envolvido em experimentos animais seria selecionar artificialmente linhagens com menor resposta de estresse, dor, e mais sinais de bem-estar [3], como é regularmente feito em relação a outras características de interesse; outra possibilidade seria fazer o mesmo tipo de modificação por meio de engenharia genética, o que seria mais versátil e rápido, mas pode ser difícil de ser feito sem um conhecimento detalhado de como as redes gênicas envolvidas funcionam. Este tipo de modificação permitiria que os animais sofressem menos com estresse de manipulação e experimentação em pesquisas que não dependam deste tipo de efeito.

Alternativas ao uso de animais Editar

Veja também Editar

Links Editar

Em inglês Editar

Referências Editar

  1. The pain of animals used in research by Harish. Counting animals. September 1, 2011
  2. União Europeia proíbe testes de cosméticos em animais. Paula Furlan. Janeiro de 2013
  3. Breeding happier livestock: no futuristic tech required. Carl Shulman. Overcoming Bias, december 6, 2012.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória